Arquivo para julho \15\UTC 2010

Saudade

No rádio a música diz que a saudade é melhor do que caminhar vazio. Ele concorda.

Foi só ela entrar naquele avião que a nova companheira já preencheu o espaço em seu peito. Saudade. Ela só existe em português, e só podia ser feminina.

É costante. Uma mistura de felicidade e amargura. Felicidade porque traz, a todo instante, imagens de momentos maravilhosos ao lado dela. Imagens seguidas de um sorrisinho quase imperceptivel. Por um milêsimo de segundo ê capaz de estar de novo ali com ela. Mas passa rápido e fica um gosto amargo. Gosto de vontade de ir busca-lá.

Com ela ele funciona melhor. Sem ela o corpo reclama, é quase um instinto.

Saudade é crise de abstinência que não melhora com o tempo.

@CheRomaro

Anúncios